Projeto que incentiva prática do judô em São Mateus entra em nova fase

O conselheiro do ICE/MA, idealizador do Projeto, Gustavo Almeida, fala da importância do esporte na vida dos participantes

O Projeto Judô São Mateus do Amanhã ampliou o atendimento para um total de 100 crianças e adolescentes na cidade maranhense, distante 190 km de São Luís. A nova etapa do projeto, desenvolvido pelo Instituto de Cidadania Empresarial do Maranhão (ICE—MA) com apoio da Equatorial Energia e Governo do Maranhão, que incentiva a prática do esporte, foi lançada neste sábado (9) em São Mateus com a presença de autoridades, representantes das instituições parceiras e da judoca maranhense Adryelly Pinheiro.

Crianças fazem demonstração do Judô durante o evento de lançamento da nova fase do projeto

O conselheiro do ICE-MA e idealizador do projeto, Gustavo Almeida, destacou a importância da iniciativa como um instrumento capaz de contribuir para a formação de cidadãos. “Não buscamos apenas formar grandes atletas, mas incentivar que essas crianças se tornem grandes cidadãos”, disse. O projeto teve início há dois anos e atendia 50 crianças.

Atleta egressa de projeto social, Adryelly Pinheiro, também reconheceu o trabalho desenvolvido em São Mateus. “A prática de esporte ajuda na interação com outras pessoas. É importante que essas crianças do projeto Judô São Mateus do Amanhã abracem essa oportunidade”, pontuou. Adryelly já acumula muitas conquistas na sua trajetória de atleta, entre as quais medalha no Campeonato Brasileiro Sub21 e nos Jogos Universitários do Brasil. Além disso, já foi convocada para a Seleção Brasileira.

O ex-membro da Comissão Técnica das seleções de Cuba e da Venezuela, o cubano Clodoaldo Despaigne, técnico do grupo, considera a prática do esporte fundamental para a formação de crianças e adolescentes. Ele destaca a disciplina como fator importante no comportamento atletas. “Disciplina e interação com outras pessoas são alguns dos benefícios do esporte”, disse. Despaigne tem experiência em competições internacionais.

A atleta Maria Clara, que integra o projeto, também elogia a iniciativa do ICE-MA, não apenas pelo fato de conquistas medalhas – no caso dela já são três no currículo – mas também por promover a união entre os atletas, a ideia de equipe e a disciplina para os que desejam se destacar.

Participaram do lançamento da segunda fase do projeto em São Mateus, o prefeito e o vice-prefeito da cidade, Miltinho Aragão e Ivo Rezende, respectivamente, a secretária adjunta de esportes de São Mateus, Klícia Barros o secretário adjunto de Esporte do Governo do Estado, Neto Azevedo, a Diretora Executiva do ICE-MA, Gorete Martins, o conselheiro do ICE-MA, Gustavo Almeida, a gestora do ICE-MA, Uildinora Salgado, a judoca Adryelly Pinheiro, o presidente da Federação Maranhense de Judô, Rodolfo Leite, a Executiva da Equatorial Energia, Laíse Rabelo, entre outras autoridades.

A judoca maranhense, Adryelly Pinheiro, posa com representantes das instituições e participantes do projeto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *