William Santos é colunista do Jornal O Debate e apresentador do Programa Top da TV Band Maranhão.

Concita Pinto apresenta projeto para homenagear pesquisadoras com medalha Simão Estácio da Silveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Na sessão extraordinária da última quarta-feira (2), a vereadora Concita Pinto (PCdoB), apresentou dois projetos de decreto legislativo com o intuito de conceder a medalha Simão Estácio da Silveira para a Doutora Andréa Martins Melo Fontenele e a Professora Mestra Nadja Furtado Bessa dos Santos.
As homenageadas participaram da elaboração do Projeto de Lei nº 107/2019, de autoria de Concita Pinto, o qual resultou na aprovação da Lei de nº 6.721/20, que aborda a coleta e o descarte de medicamentos vencidos e não utilizados na cidade de São Luís.

Foto: Leonardo Mendonça // Vereadora Concita Pinto ressaltou importância da pesquisa e da lei aprovada para a sociedade ludovicense

De acordo com a Lei 6.721/20, farmácias, hospitais, clínicas, postos de saúdes e estabelecimentos de importação e distribuição de remédios ficam obrigados a instalarem em locais visíveis, pontos de recebimento para o descarte de medicamentos que estejam em desuso ou vencidos e também suas embalagens.
O descarte adequado desse tipo de material ajuda na questão ambiental, medicamentos descartados de forma inadequada podem contaminar o solo e a água, além de que pessoas podem ingerir estes medicamentos inadvertidamente, o que pode ocasionar reações adversas e intoxicação.
“Por meio de pesquisas, foi constatado que já existem espécies marinhas, no caso dos peixes que apresentaram hermafroditismo e infertilidade com mutações genéticas, em razão da contaminação das águas por medicamentos que foram ali descartados de forma imprópria e expondo a sociedade a um risco gravíssimo”, disse Concita Pinto.
Para a parlamentar, o trabalho desenvolvido pelas pesquisadoras e a ajuda na elaboração do projeto que culminou na Lei 6.721/20 foram de suma importância para a sociedade ludovicense, o que justifica a homenagem às pesquisadoras.
Homenageadas
Nadja Furtado Bessa dos Santos é professora da Universidade Estadual do Maranhão e desenvolve projetos de pesquisa e extensão sobre Resíduos Sólidos, e Andréa Martins Melo Fontenele é doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Maranhão e atua na instituição como professora no curso de Farmácia.
A medalha Simão Estácio da Silveira foi instituída pela Lei Orgânica do Município e regulamentada pela Resolução do Plenário 05/95 e é destinada a agraciar personalidades locais, nacionais ou estrangeiras que tenham contribuído para o município de São Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *